sábado, 15 de março de 2008

Tornando o amor bonito!




As vezes fico pensando
se existe uma amizade verdadeira, se uma amizade resiste ao tempo... a
distância... ao ambiente. Será que essa amizade resiste quando as coisas que
faziam em comum, agora não é a coisa mais importante! A cada ano surgem novos
amigos que mudam todo o seu modo de se constituir uma amizade. Um amigo
verdadeiro não é aquele que contamos um ou dois segredinhos, mas aquela pessoa
que realmente se importa com você! Que sabe se você está triste mesmo você não
dizendo nada. No amor é a mesma coisa! Quando conhecemos um carinha que nos
chama atenção, fico logo penso encontrei minha alma gêmea!!! A paixão nos faz
pensar que ele é a melhor pessoa do mundo! Só porque combinamos em alguns
aspectos significa que nascemos um para o outro! Passa o tempo e as mascaras
caem... e só agora conhecemos o lado escuro que a paixão tapava. Para um
relacionamento durar, o amor vem de personagem secundário. O companheirismo
entre as partes é o fundamental. Uma vez li em algum lugar que devemos deixar o
nosso amor bonito ou deixar bonito o nosso amor. Para sermos felizes devemos
esqueçer as diferenças, não ter comparações de comprometimento e não cobrar mais
que não pode receber!Talvez você não sabe que ele dá o que pode!

Nunca queira ter a
razão.

Ter razão é a coisa
mais perigosa, pois sempre se sentirá no direito de exigir justiça, nunca queira
possuir, isso enfeia o amor.

Na forma de amar não
existem fórmulas ou jogadas mirabolantes. O mais importante é ser apenas você,
sem ter medo do que os outros irão pensar. Se tiver apaixonada, cante (mesmo que
desafinado), diga que ama e que aquela pessoa é muito especial. Sendo
verdadeira, você acaba transformando o seu amor bonito ou bonito o seu
amor.


P.S. "Ame-se o
suficiente para ser capaz de gostar do amor e só assim pode começar a tentar
fazer o outro feliz"

Um comentário:

Renan disse...

Eu concordo com tudo o q vc disse